Rio de Janeiro – O guia mais que completo para sua viagem

Diego Gusava | Atualização: 1 de January de 2018

Bonito por natureza, o Rio de Janeiro é um dos lugares mais incríveis e visitados do Brasil. Não é para menos: a cidade oferece lazer, cultura e muita natureza à disposição, com belas praias e opções de entretenimento para todos os gostos. Desde o carnaval badalado até a tranquilidade do mar quentinho, ir ao Rio é sempre sinônimo de uma boa escolha.

Além disso, para quem mora na região sudeste, como em São Paulo, é um excelente destino, que se torna mais acessível devido à proximidade e o menor valor de passagens áreas. Separamos neste artigo tudo que você precisará saber se está pensando em visitar a cidade maravilhosa, como informações sobre os melhores pontos turísticos, as melhores praias para conhecer e os passeios que mais valem a pena fazer – independente se você vai com amigos ou com a família. Confira!

Bons motivos para visitar a cidade!

Quer bons motivos para decidir ir ao Rio de Janeiro? Obviamente, antes de escolher um destino, é necessário saber o que irá lhe esperar ao chegar nele. Separamos alguns dos pontos turísticos mais importantes, que são imperdíveis e provavelmente são os que mais devem estar no seu roteiro de viagem.

Primeiro, pense no que você procura: não importa se a resposta for uma natureza exuberante ou o agito do gingado carioca. O Rio tem de tudo um pouco e o tédio passará longe do seu vocabulário nos dias em que estiver por lá. Separamos por tópicos os lugares mais essenciais de serem visitados. Você precisará de tempo, pois opção não faltam!

Vamos começar por aquilo que mais chama a atenção dos turistas: as praias! Com 86 km de extensão, não tem como se encantar com elas. Impossível listar cada pedacinho do litoral do Rio, então vamos te apresentar as principais. Do Leme ao Pontal, há mais beleza do que é possível imaginar! Vamos às praias que mais são visitadas, separadas por ordem de localização.

1. Praia do leme

praia do leme

A primeira praia do Rio é vizinha da famosa Copacabana e é praticamente uma extensão da princesinha do Rio. Localizada em um bairro tranquilo e com mar igualmente manso, a praia é menos agitada que sua irmã famosa e é uma boa opção para quem deseja aproveitar toda a beleza da cidade, sem precisar passar pelo excesso de badalação.

Ideal para famílias e para quem quer um pouco mais de calmaria, o Leme não fica atrás quando o assunto é beleza natural: águas geladas e limpas, além de uma extensão de areia que pode chegar a 1 km em alguns pontos.

Vale a pena também dar um pulo no mirante dos pescadores, que fica do ladinho da praia e tem uma vista simplesmente exuberante. Fica atento só em dias de ressaca e sempre de olho nas placas: em dias assim, o mar pode ficar perigoso.

Separamos também um vídeo para você conferir melhor como é a praia:

2. Copacabana

copacabana

Ela não podia ficar de fora! A praia mais famosa do Rio de Janeiro é uma das mais agitadas da cidade. Conta com areia fininha e um mar de beleza impecável. É ideal para quem vai ao Rio pela primeira vez e precisa conhecer um dos pontos turísticos mais comentados da cidade.

Mesmo com 4 km de extensão, pode ser que em dias de férias e feriados seja difícil encontrar um lugar ao sol, mas isso não será um problema para quem está em busca de novas amizades e badalação.

Fácil de chegar de qualquer lugar da cidade, Copacabana tem uma infra-estrutura excelente, isso sem falar do visual incrível da avenida Atlântica com a Orla. Não é uma das que mais tem beleza natural, sendo mais frequentada devido à fama e ao agito, mas ainda assim merece destaque e nossa recomendação.

Conheça mais da praia neste vídeo bem legal que separamos:

3. Praia do Arpoador

arpoador

Quer um pouco de visual exuberante e um pôr-do-sol de tirar o fôlego? Então, o Arpoador é a solução. A praia preferida dos praticantes de Surf e esportes aquáticos é também a preferida dos cariocas, por contar com águas limpas e areia branca, além de ser um ponto de encontro de amigos.

Com 800 metros de extensão, a praia é pequena, mas não deixa por menos: é linda e tem uma infra-estrutura excelente para quem vai ao Rio pela primeira vez.

Conheça mais sobre a praia do Arpoador neste vídeo que separamos:

4. Ipanema

ipanema

Por último, mas não menos importante, deixamos uma das praias mais famosas do Rio de Janeiro: Ipanema. Linda e queridinha dos cariocas, a praia é uma visita imperdível! Famosa pela Bossa Nova, e do ladinho da praia do Arpoador, Ipanema conta com o pôr-do-sol exuberante, que é aplaudido todas as tardes pelos admiradores da natureza.

Com uma infra-estrutura excelente, se hospedar na região tem inúmeras vantagens, pois o bairro é bastante rico em restaurantes e opções de lazer próximas. Se você ainda não decidiu onde ficar, considere a opção! Aos domingos, as ruas ficam fechadas até as 18 horas, permitindo passeios de bike e de skate com vista para o mar.

Conheça mais sobre a praia de Ipanema neste vídeo que separamos:

O Rio além das praias – outros pontos turísticos

Além das praias, o Rio de Janeiro conta com um número elevado de passeios incríveis para se fazer durante o dia ou até mesmo à noite. Alguns dos principais pontos turísticos da cidade não poderiam ficar de fora e separamos tudo que você precisa saber sobre eles. Confira!

1. Pão de Açúcar

pão de açúcar

O Pão de Açúcar é, sem dúvidas, um dos pontos turísticos mais visitados do Rio de Janeiro. E não é pra menos: é incrível a vista de cima do morro. Localizado no extremo sudeste do litoral carioca, fica próximo à Baía de Guanabara e chegar no topo pode ser uma aventura, com direito à escaladas e rapel. Mas se você do tipo mais tradicional, pode optar pela ida com o famoso bondinho, que é um espetáculo à parte.

Quase 400 metros acima do nível do mar, o visual é imperdível. Nossa dica é ir até o topo antes do amanhecer ou no pôr-do-sol. E não esqueça a câmera fotográfica, pois é realmente lindo.

São 3 estações de parada do bondinho e nele cabem cerca de 65 pessoas, ou seja, dá pra ir a família toda e curtir o passeio sem deixar ninguém de fora. O preço pode variar um pouco, mas costuma ser bem acessível, girando em torno de R$ 50,00 a R$ 60,00.

Separamos um vídeo bem legal que mostra bastante como é esse passeio:

2. Pedra da Gávea

pedra da gavea

Para os mais aventureiros e loucos por paisagens exuberantes, não podíamos deixar de citar a pedra da Gávea como um dos pontos turísticos mais incríveis do Rio de Janeiro. Com mais de 800 metros de altitude, vale a pena o esforço na subida para dar de cara com a vista dos principais bairros da cidade. Localizada no parque nacional da Tijuca, a ida à pedra inclui um passeio que custa em torno de R$ 160,00 e é supervisionado por instrutores bem treinados, para evitar maiores problemas na subida.

Devemos lembrar que haverão trechos que exigem um certo esforço físico e uma pequena escalada de 30 minutos. Para isso, não é necessário conhecimento prévio de rapel, mas disposição e muita água na mochila. Indicamos ao menos 3 litros para evitar desidratação. De forma geral, o passeio é bem legal e vale a pena, pois a natureza traz recompensas maravilhosas para quem supera os obstáculos da trilha. É recomendado para quem está com amigos e não deve ser feito por crianças ou idosos.

Separamos um vídeo bem bacana do local:

3. Escadaria Selaron

escadaria selaron

Já quem procura um passeio mais familiar e dentro da cidade, a opção mais indicada é conhecer a Escadaria Selaron, que fica no bairro de Santa Tereza, um dos lugares mais tradicionais e bonitos do Rio de Janeiro. O ponto turístico começou a tomar forma em 1994, quando o pintor Jorge Selaron teve a ideia de azulejar a escadaria. Com ajuda de alguns moradores e doações, ele a concluiu por volta dos anos 2000.

Ponto famoso e badalado da cidade, ir até o Rio e não passar por Santa Tereza é praticamente proibido, já que o bairro é um charme à parte, palco de atrações famosas e rodas de samba tipicamente cariocas. A dica é ir logo cedo e aproveitar para almoçar pela região.

Separamos um vídeo para você conhecer melhor a Escadaria:

4. Cristo Redentor

cristo redentor

Por mais que este seja o destino clichê de todos que vão ao Rio de Janeiro, ele é frequentado por tantas pessoas por um bom motivo: o lugar é simplesmente incrível e conta com uma paisagem de tirar o fôlego. Localizado no Morro do Corcovado, o Cristo Redentor é uma das esculturas mais fascinantes do mundo e é o cartão postal da cidade.

A cerca de 700 metros do nível do mar, o lugar se tornou uma das 7 novas maravilhas do planeta. É um passeio que precisa estar no roteiro de quem vai pela primeira vez ao Rio de Janeiro. Com centenas de visitantes por dia, a dica é ir durante a semana, para evitar filas.

Separamos um vídeo bacana para você conhecer melhor o Cristo:

Informações Úteis para a viagem – Perguntas Frequentes

Separamos algumas perguntas que são frequentes quando o assunto é viajar e conhecer um lugar nunca visto antes. Por isso, fique atento aos tópicos seguintes e veja se sua dúvida foi respondida logo abaixo:

1. Qual melhor época do ano para se visitar o Rio de Janeiro?

Por ser uma cidade praiana e com pontos turísticos quase que em sua totalidade envolvendo as belezas naturais, o Rio é bem mais requisitado no verão. Durante o ano ano novo, por exemplo, a cidade lota e Copacabana vira palco de um show de luzes no céu logo na virada, sendo um dos maiores espetáculos de fogos do mundo.

A melhor época para cada um irá depender de alguns fatores, como qual o tipo de atração que você procura e se deseja mais calmaria ou badalação. Na realidade, o Rio de Janeiro sempre conta com uma vida noturna dançante agitada e programações 24 horas por dia. Mas as praias ficam menos cheias em meses como Agosto e Setembro, onde há um número menor de turistas.

Se a sua intenção é descansar e buscar tranquilidade em meio à um cenário paradisíaco, esses são os melhores meses. Já nas férias de julho e em todos os meses do verão, a cidade recebe milhões de turistas todos os anos. Isso é ótimo para turmas de jovens, que desejam conhecer pessoas novas e curtir as praias e as baladas mais requisitadas.

Pense bem qual o seu intuito e o que busca na cidade maravilhosa e só assim saiba qual o melhor mês para programar sua viagem. Temos que lembrar que o Rio de Janeiro sempre é mais quente do que cidades como São Paulo, por exemplo, mas ainda há épocas onde o frio pode estar presente e ir à praia se tornará mais difícil.

2. Qual o tempo necessário para conhecer o destino?

Se você deseja conhecer tudo que mostramos de incrível que o Rio de Janeiro tem para oferecer, precisará de ao menos dez dias na cidade maravilhosa. Mas, em geral, o prazo de uma semana já é excelente para ir aos lugares mais conhecidos, além de ser possível conhecer muitas praias nesse período.

Se o dinheiro estiver curto e só por possível passar um fim de semana, recomendamos que faça um roteiro antes de sair, para não ter arrependimentos futuros. Com um bom planejamento, dá para fazer de tudo um pouco e ainda ficar com gostinho de quero mais.

Para esses casos de tempo curto, a dica também é ficar em uma praia mais próxima da que tem a ver com o seu perfil, assim você poderá aproveitá-la melhor, sem precisar gastar com transporte.

3. Quanto vou gastar em média na minha viagem?

Para quem mora em São Paulo, a boa notícia é que a maioria das cidades do Brasil tem um preço mais acessível quando o assunto é alimentação e lazer. De forma geral, o Rio tem opções para todos os gostos e o preço irá depender muito do local escolhido.

Os restaurantes com vista para o mar, por exemplo, costumam ser mais caros, podendo chegar até a R$ 48,00 o prato. Já os mais afastados da praia podem incluir self service ou um valor mais baixo. Também vale a pena verificar a possibilidade de almoço no hotel, dependendo do custo benefício.

No Rio, os hostels chegaram com tudo e hoje em dia já é possível conseguir um quarto bacana em um bairro badalado por um preço bem mais acessível do que os dos grandes hotéis. Porém, essa opção é mais válida para quem vai com amigos, pois as acomodações podem ser compartilhadas.

Outra dica legal é ficar em um Apart Hotel, caso você vá com uma turma grande ou com sua família. Como eles contam com cozinha equipada, dá para economizar muito com a alimentação. Em Ipanema, Barra da Tijuca e Copacabana é fácil encontrar apartamentos disponíveis perto da praia e o custo benefício pode ser melhor do que um quarto tradicional.

4. Gastos gerais por época

Além disso, é sempre bom lembrar que cada mês do ano tem um preço para a viagem e você pode economizar escolhendo um momento onde há menos turistas e eventos na cidade. Por exemplo, no ano novo, o valor do pacote em hotéis pode triplicar. Algumas dicas são importantes para economizar nesse sentido:

  • Opte por épocas onde há menos fluxo de pessoas, como nos meses de Agosto, Setembro ou Outubro.
  • Verifique se não haverá nenhum evento importante na cidade, como o Rock’in’Rio, por exemplo. Se sua intenção não for participar, o ideal é adiar a viagem.
  • Procure marcar sua viagem com antecedência, assim a economia é maior e será possível negociar com a agência.
  • Se puder, faça orçamentos com várias agências de viagem e tente pagar junto com ele os passeios aos quais pretende participar.
  • Se você deseja ir em épocas de calor, opte por novembro ou março, onde o número de turistas cai mas a temperatura ainda está alta.
  • Por último, veja se será possível marcar a viagem para durante a semana.

5. Como chegar ao Rio? Formas mais econômicas

O Rio de Janeiro, como qualquer cidade, conta com uma infra-estrutura completa de transporte, como o aeroporto e a rodoviária. Praticamente qualquer cidade do país tem acesso ao Rio e a grande diferença entre esses meios de transporte é o tempo de viagem e o preço.

Para quem vem de São Paulo, por exemplo, o preço da passagem área pode chegar aos R$ 300,00 contra R$ 150,00 do ônibus. Mas, em geral, as pessoas preferem a comodidade do voo, que dura em torno de uma hora.

6. Gastronomia Local – Dicas de Restaurantes imperdíveis

O Rio de Janeiro também tem pratos típicos. Como na Bahia temos o famoso Acarajé, na cidade maravilhosa o prato mais requisitado é feito a base de bacalhau. Esse peixe é super comum na região, que tem uma herança portuguesa bem forte até os dias de hoje. Quem pensa que os cariocas não possuem uma comida típica, se engana.

Também é muito comum encontrar nos restaurantes mais tradicionais pratos como rabada e a imperdível feijoada, amada por todos. Mas, o Rio acolhe todos os gostos e sabores, por isso, você não terá muitos problemas para comer bem na cidade. Como dicas de restaurantes, vamos trazer os que unem a beleza natural como cenário com uma comida deliciosa. Confira os principais:

– Estrelas da Babilônia: Clima Agradável, comida gostosa e vegetariana. O restaurante tem uma vista deliciosa, com uma varanda incrível no verão. Vale a pena conhecer. Fica no Mirante do Leme, lugar bastante familiar e tranquilo.

  • Bene: O Bene é um restaurante localizado no Hotel Sheraton, que fica na Avenida Niemayer. Sua vista é espetacular e a comida italiana é de alta qualidade. Vale a pena jantar no lugar.
  • Bar Astor: Localizado na Avenida Vieira Souto, o Bar Astor tem um ambiente descontraído e bem leve. Ideal para ir com a família, amigos ou mesmo sozinho.

Além disso, para quem quer um ambiente a beira mar, os quiosques das praias de copacabana, Ipanema e Leme são excelentes nesse sentido e trazem uma experiência muito agradável, sem que seja necessário sair da praia para ir almoçar ou mesmo petiscar algo gostoso. Com uma qualidade ímpar, eles costumam ser bem frequentados e contam com a vantagem do mar estar bem a frente.

7. Vida Noturna – O Rio de Janeiro conta com boas opções?

A cidade do Rio de Janeiro tem um gingado todo especial e uma vida noturna excelente. Quem for ao Rio com a intenção de se divertir, não irá sair insatisfeito. O bairro da Lapa, por exemplo, conta com rodas de samba que viram a madrugada, mostrando o melhor que o carioca tem para oferecer.

Para quem busca encontrar jovens animados e prontos para curtir a noite toda, a região do Baixo Gávea é a pedida! Já para os mais tradicionais, em busca de barzinhos e baladas fechadas, os bairros da Zona Sul oferecem uma vida noturna agitada e bem interessante. No Rio, opções não faltam!

Vá ao Rio e aproveite cada segundo!

Quando for ao Rio, não deixe de aproveitar cada segundo e curtir os momentos maravilhosos que irá passar com quem você ama ou mesmo sozinho. Não é a toa que a cidade é chamada de Maravilhosa. Suas belezas naturais são de tirar o fôlego e opções de entretenimento não faltam. Aproveite o Rio e boa viagem!